Seguidores

segunda-feira, 24 de maio de 2010


3 comentários:

  1. Adoro este...acho-o tão verdadeiro.

    Esse sumo que nem sempre é saboroso as vezes é bem azedo...hehehe

    Na arvore da sensibilidade , os frutos são os poemas e o tronco o sentimento implicito nas palavras.

    bjos linda!

    Erikah

    ResponderExcluir
  2. Complementaste o texto no comentario amora.

    Bjo

    ResponderExcluir